Hino 54. Toda a natureza

 “Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”  (Hb. 11:3)

Toda a natureza fala do meu Deus;
árvores e frutos são todos Seus.
O céu, o mar, as flores
e as noites de luar,
sempre que os contemplo, paro pra pensar.
Quem sou eu, ó Pai,
pra merecer tamanho amor?
Sim, tenho a resposta:
Eu nada sou, Senhor, eu nada sou.
Mas Teu amor me transformou,
tornou-me um novo ser.
Quero estar Contigo e no céu viver.

link http://www.youtube.com/watch?v=rGRNTqAr2as&feature=related

Published in: on 18 de julho de 2010 at 8:31 pm  Deixe um comentário  

Hino 53. Tudo belo, ó Deus, criaste

“Tu és o Deus que fazes maravilhas; tu fizeste notória a tua força entre os povos.”  (Sl. 77:14).

1. Tudo belo, é Deus criaste pela Tua mão.
Faz de novo puro e forte o meu coração.

2. Como as fontes cristalinas vem tornar-me, ó Deus.
Como rocha inabalável, firma os passos  meus.

3. Como os céus após as chuva quero limpo estar.
Minha mente e meus desejos vem purificar.

4. Tudo belo, ó Deus, criaste pelo Teu poder.
Vem fazendo mais belo e puro todo o meu viver.
Amém.

link http://www.youtube.com/watch?v=LbwRuEYZako&feature=related

Published in: on 18 de julho de 2010 at 8:29 pm  Deixe um comentário  

Hino 52. Grandioso és Tu!

“Tão-somente temei ao SENHOR, e servi-o fielmente com todo o vosso coração; porque vede quão grandiosas coisas vos fez.” (1 Sm. 12:24)

1. Senhor, meu Deus, quando eu, maravilhado,
contemplo a Tua imensa criação
–  o céu e a Terra, os vastos oceanos   –
fico a pensar em Tua perfeição.

Então minha alma canta a Ti, Senhor:
“Grandioso és Tu!  Grandioso és Tu!”
Então minha alma canta a Ti, Senhor:
“Grandioso és Tu!  Grandioso és Tu!”

2.  Ao caminhar nas matas e florestas,
escuto as aves todas a cantar;
olhando os montes, vales e campinas,
em tudo vejo o Teu poder sem par.

3.  Quando eu medito em Teu amor tão grande,
que ofereceu Teu Filho sobre o altar,
maravilhado e agradecido venho
também minha vida Te ofertar.

4.  E quando, enfim, Jesus vier em glória
e ao lar celeste então me transportar,
adorarei, prostrado e para sempre:
“Grandioso és Tu, meu Deus!”, hei-de cantar.

link http://www.youtube.com/watch?v=354Q_qjYXoE&feature=related

Published in: on 18 de julho de 2010 at 8:21 pm  Deixe um comentário  
%d blogueiros gostam disto: