História do hino 101 – Ressurgiu

  Este hino glorioso da vitória da ressurreição é cantado por todo o Brasil evangélico na Páscoa. Na primeira estrofe, vemos que Cristo ressurgiu, a redenção já consumada. Na segunda, somos exortados a entoar gratos hinos a ele, que venceu a morte e reina eternamente. A terceira estrofe enfatiza: uma vez na Cruz sofreu; uma vez por nós morreu. Este sacrifício não pode ser repetido. Cristo, que se ofereceu “uma só vez para levar os pecados de muitos” (Hebreus 9:28), completou a obra. Agora vivo está e para sempre reinara! Aleluia! As aleluias repetidas neste exultante hino vêm desde os primórdios da fé cristã quando, no dia da Ressurreição, os crentes saudavam uns aos outros com: “Cristo está ressurreto, Aleluia!”
  A melodia EASTER HYMN (Hino da Páscoa) apareceu anonimamente na coletânea Lyra Dadivica em Londres em 1708, com o texto Surrexit Christus Hodie (Hoje Cristo Ressuscitou). Seu texto latino é um cântico do dia da Ressurreição, de um manuscrito da cidade de Munique, na Alemanha, do século XIV. Variações deste hino em inglês apareceram em várias coletâneas na Inglaterra. Julian, no seu Dicionário de Hinologia, apresenta o hino original e na forma como foi impressa na segunda edição de Complete Psalmist (Salmista Completo), de John Arnold, de 1749, onde a segunda e terceira versão modificada de 1749 foi traduzida por Henry Maxwell Wrigth.
  É interessante notar que Cahrles Wesley escreveu um hino muito semelhante, Christ the Lord is Risen Today (Cristo, o Senhor, Está Ressurreto Hoje), com onze estrofes de quatro linhas , e o publicou em Hymns and Sacred Poems (Hinos e Poemas Sacros) em 1739. Seria muito fácil confundir os dois hinos, Wesley, dando a mesma mensagem, usou a mesma métrica e as aleluias no fim de cada frase. Seu hino é comumente cantado com a melodia da LYRA DADIVICA.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_069.htm, que cita Julin, John, A Dictionary of Hymnology, Vol. I, Second Revised Edition with new Supplement, New York, Dover Publications, Inc. 1957, p. 597.

Published in: on 7 de maio de 2010 at 6:16 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://crentebatista.wordpress.com/2010/05/07/historia-do-hino-101-%e2%80%93-ressurgiu/trackback/

%d blogueiros gostam disto: