James Grindley Small

  James Grindlay Small [75] nasceu no dia 6 de fevereiro de 1817, em Edinburgh, Escócia. Morreu no dia 11 de fevereiro de 1888 Renfrew-on-the-Clyde, Escócia. Frequentou a Universidade de Edinburgh, estudou divindade com o dr. Chalmers e, em 1834 juntou-se à Igreja Livre da Escócia. Em 1847 tornou-se ministro da Igreja Livre em Bervie, próximo a Montroe.

 Fonte: http://harpacrista-fragmentos.blogspot.com/2008/03/hc062-achei-jesus.html

Anúncios
Published in: on 4 de maio de 2010 at 11:47 pm  Deixe um comentário  

História do hino 465 – Igual a Daniel

  Ira David Sankey, conhecido hinista americano, diz em seu livro My Life and the Story of the Gospel Hymns (Minha Vida e a História dos Hinos Evangélicos): “O sr. Bliss escreveu este cântico especialmente para a sua classe, na Escola Dominical, na Primeira Igreja Congregacional de Chicago. Tem sido admirado e muito usado nas preleções do sr. Moody sobre Daniel.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_484.htm, que cita Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista.

Published in: on 4 de maio de 2010 at 11:44 pm  Deixe um comentário  

Harper G. Smith

  Harper G. Smyth [304] nascido em Nova Iorque, em 16 de março de 1873, recebeu aprimorado treinamento no Instituto de Artes Musicais daquela cidade. Dono de uma bela e possante voz, foi membro da afamada Companhia Metropolitana de Ópera por dois anos. Crente dedicado, procurou ser usado por Deus, tanto no serviço da igreja como no trabalho secular. Regeu coros de igrejas em diversos Estados e por um tempo, dirigiu a música para as campanhas evangelísticas de J. Wilbur Chapman, como também de Maud Ballington Booth do Exército da Salvação. Também foi regente na Convenção Nacional Republicana, em Cleveland, em 1924.
  Habilidoso escritor, durante a Primeira Guerra Mundial Smyth ficou famoso pelas apoteoses que escrevia, atividade que continuou por muitos anos. Publicou Let’s Adventure in Personality (Vamos Aventurar em Personalidade), em 1941, freqüentemente dando preleções sobre esse assunto. Smyth manteve um estúdio para o ensino de canto em Cleveland durante todos os seus anos ali. Escreveu cerca de 25 hinos e cânticos, mas este é seu único hino em uso hoje.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_326.htm, que cita  Hinário para o Culto Cristão- Notas históricas- Edith Brock Mulholhand (Compiladora)- Rio de janeiro; JUERP, 2001.

Published in: on 4 de maio de 2010 at 1:45 pm  Deixe um comentário  

História do hino 416 – Filhos da luz

  A missionária pioneira Sarah Poulton Kalley escreveu este hino em 1873. Ela procurava ensinar, através de hinos, “todo o conselho de Deus” (At 20:27), aos novos crentes. Para isso, entre suas mais de 165 produções, traduziu e escreveu muitos hinos de edificação.

 Fonte: Cristão, Hinário para o Culto – Música. História. 2 Música sacra- Batista. P. 303, Rio de Janeiro JUERP, 2001.

Published in: on 4 de maio de 2010 at 1:43 pm  Deixe um comentário  
%d blogueiros gostam disto: